Seguidores

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Sexta da Paixão em Pitangui

Milhares de fiéis em procissão.




A semana que encerra a Quaresma é intensamente celebrada pela comunidade cristã em Pitangui. A partir do domingo de Ramos as procissões e celebrações se intensificam e os fiéis católicos se reunem em demonstração de fé, nas grandes procissões. Na sexta-feita Santa, o ponto alto das celebrações é a encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, que reune milhares de pessoas no adro da Igreja Matriz.



Fim de tarde - vista da Igreja de Santa Luzia.


O pôr do sol parecia anunciar a beleza da tradição que aconteceria mais tarde, na noite de sexta. Não chegamos a tempo de presenciar e registrar a encenação da Paixão de Cristo, mas acompanhamos boa parte da procissão que, além de ser uma celebração católica, representa também um patrimônio cultural imaterial de Pitangui, pois essa prática é passada de geração em geração.





O silêncio, a luz das velas, os cânticos e as orações ressaltaram o clima bucólico da cidade.



A Lira Musical esteve presente e abrihantou a noite, com belas apresentações durante o trajeto da procissão.





Subindo a Rua do Pilar.


A chegada no adro da Matriz.





Sabemos que a Semana Santa também é fervorosamente celebrada nas comunidades rurais de Pitangui e que existem as caminhadas penitenciais até o Sacramento, Cruz do Monte e para os municípios vizinhos de Leandro Ferreira e Conceição do Pará (Santuário). Quem teve a oportunidade de participar dessas e de outras tradições da Semana Santa em Pitangui, envie os seus registros (fotos, textos e vídeos) que teremos o prazer em divulgar aqui no blog Daqui de Pitangui.




Fotos desta postagem: Leonardo Morato.

2 comentários:

  1. Oi Léo...bela posragem, as fotos captaram bem o clima destes festejos em Pitangui.

    ResponderExcluir
  2. Valeu professor! O encontro é bem organizado e a participação popular mantém viva a tradição!!!

    Quanto às fotos, tive que enquadrar algumas, para minimizar ((na postagem)) a poluição visual causada pelas placas e letreiros exagerados no centro histórico.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.