Seguidores

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Sr. Bernardinho do Leite

Sr. Bernardinho.

Nos dias de hoje está cada vez mais difícil encontrar pessoas que exercem os antigos ofícios e as formas de produção artesanal. Talvez isso se dá por causa dos avanços tecnológicos, das formas de produção em massa e da maneira prática e "descartável" que a maioria da sociedade adota como hábito ou padrão para se adaptar à vida corrida.


Buscando identificar e divulgar os ofícios peculiares de Pitangui, falamos hoje sobre o Sr. Bernardinho do Leite. Essa dica de postagem foi dada há algum tempo pelo amigo e fotógrafo Nicodemos Rosa e no último dia 28, tivemos a oportunidade de fazer esse registro.


Em 28/12/1947, nascia em Pitangui (especificamente na Chácara Saldanha) o Sr. Bernardo José Saldanha. Há mais de 30 anos o Bernardinho percorre boa parte da cidade, de carroça, entregando o leite de porta em porta. Ele nos contou que faz uma viagem por dia e comercializa em média 80 litros de leite. Ele mesmo ordenha as vacas, prepara os latões na carroça e sai pela cidade (único que trabalha dessa forma atualmente). Bom de prosa e com a fala mansa, Bernardinho gosta do que faz e tem a consciência de que a tradição está acabando ao nos afirmar: “Depois que eu parar, não deve ter ninguém para continuar o serviço”.

Fotos: Léo Morato e Vandeir Santos.

Parabéns ao Sr. Bernardinho pelos anos de dedicação à profissão que, com certeza, garantiu e garante o leite para muitos pitanguienses!

4 comentários:

  1. Ótima postagem Léo, e ótimas fotos. (coisa de Jornalista mesmo) Gostei do tom de Sépia (ou PB aquecido?) ficou ótima. Parabéns ao Bernardinho, pela dedicação no trabalho, por tanto tempo.

    att. NICODEMOS ROSA.

    ResponderExcluir
  2. Nossa lembro demais dele subindo a rua lá de casa todo dia!

    ResponderExcluir
  3. Bela história! É verdade que as transformações dos modos como consumimos alimentos está acabando com algumas profissões - e esta, do leiteiro que vai de porta em porta, parece estar na lista. Mas é justamente graças a pessoas dedicadas como o senhor Bernardinho que ainda é possível matarmos a saudade da época em que se tratava de um mercado competitivo. Mais interessante ainda é passarmos a comprar nosso leite das latas desse senhor que, como ele próprio reconhece, aparentemente será o último em Pitangui dedicado a tal trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela fotos do Sr: Bernardinho do leite.
    Muito bom este registro de pessoas simples da cidade`.
    É isto ai,continuem.Muitas vezes tive vontade de conversar com ele lá
    na fazenda do Saldanha.Mas, sempre pensei que ele era outra pessoa.
    Gostei muito,vou divulgar esta matéria para meus amigos.Quando criança
    tive o prazer de pegar leite deste sistema,era leite e pão.
    Um abraço. (Paulo Salatiel, por e-mail).

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.