Seguidores

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Os nossos tons de cinza

A Santa Cruz. Pitangui, maio de 2017. 
Fotos: Léo Morato.

Uma frente fria que pairou na cidade no primeiro fim de semana de maio, trouxe uma densa neblina que atravessou as noites e as primeiras horas das manhãs, até ser totalmente rompida pelos raios de sol. 



Este bucolismo que veio à tona, pode ser observado nos arredores da Igreja de São Francisco de Assis, que foi o ponto culminante da Procissão da Santa Cruzou do Fogaréu, no sábado à noite. 


Pelo que se soube, o cortejo que preencheu as ruas de Pitangui com fogo e fé, foi um a iniciativa da Secretaria de Cultura, em parceria com alguns seguimentos da Igreja Católica e que contou com a participação de integrantes da Casa de Recuperação "Fazendinha". Devido a um outro compromisso naquela noite de sábado, não pudemos acompanhar a procissão.



É importante realizar, participar e apoiar ações como esta que - numa mistura de religiosidade, história e cultura - resgatam as características, simbologias e valores da histórica Pitangui.


A cidade se revela a quem a observa com um olhar atento de contemplação!



Os tons de cinza das nossas ruas.

3 comentários:

  1. Bela postagem, Léo! Fotos incríveis! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. As fotos ficaram otimas,nessa epoca do ano a cidade fica ainda mais linda.

    ResponderExcluir
  3. Em meio a essa densa neblina
    o que fará o fogaréu,
    será que a todos nós ensina
    melhor caminho pro céu?

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.